In Clipping

Recadastramento de servidores do GDF começa a partir de segunda

Os mais de 110 mil servidores ativos do Governo do Distrito Federal terão de realizar o procedimento a partir de segunda-feira (26/8). A atualização dos dados dura nove meses e, quem não participar, pode até ter os salários suspensos ou bloqueados
Depois de oito anos, o processo de recadastramento dos 110.631 servidores ativos do Governo do Distrito Federal (GDF) começa na segunda-feira (26/8). Os funcionários que não atualizarem os dados, por meio de um sistema eletrônico, podem ter os salários suspensos ou bloqueados. Os primeiros profissionais obrigados a realizar o procedimento são os 4,2 mil empregados das sete empresas públicas dependentes do Tesouro Distrital: eles precisam preencher o formulário até 14 de outubro.
Após o recadastramento dos empregados públicos, será a vez dos profissionais dos órgãos da administração direta atualizarem suas informações. Depois, os funcionários das Secretarias de Saúde e de Educação precisam cumprir o processo. O recadastramento contará com quatro etapas e tem previsão de término para abril de 2020.
As informações dos profissionais devem ser inseridas no Sistema de Recadastramento, Complementação e Atualização de Dados (Recad), disponível no site da Secretaria de Economia (www.sefp.df.gov.br/recadastramento). O acesso é realizado com o CPF e a senha do contracheque (Sigrh).

 

 

, , ,

Comments are closed.